ITA Participa em Evento sobre Segurança e Vantagens do Uso da Cloud Angolana

A Cloud revolucionou a forma como os arquivos são armazenados e um dos seus maiores benefícios é a redução de custos. A Cloud 100% angolana garante a mesma segurança, fiabilidade e preços que as de outros países e permite manter a soberania dos dados críticos em território angolano. Motivos mais que suficientes para que as empresas nacionais comecem a confiar e a contratar este serviço a provedores angolanos.

Nesse contexto, a Penttinali, empresa especialista em Investigação e Mitigação de Riscos Cibernéticos, ministrou no dia 19 de Janeiro de 2021, em Luanda, um workshop sobre “Segurança e vantagens do uso da Cloud Angolana”. Neste fórum, no qual a consultora aconselhou as instituições públicas e privadas a utilizarem a Cloud Angolana, a ITA teve uma participação de destaque como o único provedor de serviços em cloud 100%.

A sessão foi conduzida pelo especialista em Crimes Cibernéticos, Hélio Pereira, e contou com a presença da Agência de Protecção de Dados de Angola, de órgãos de comunicação social e de especialistas do sector das TI, que ficaram assim a conhecer mais sobre a computação em nuvem em Angola e os factores que potencializarão a migração de Clouds estrangeiras para as nacionais.

Vários estudos apontam que, em Angola, as instituições públicas e privadas preferem utilizar os serviços de Cloud estrangeiras, devido a factores-chave como a segurança, fiabilidade e preços. No entanto, defende Hélio Pereira, a Cloud angolana conta com os mesmos elementos e o mesmo nível de qualidade, para além de permitir a soberania dos dados críticos em território angolano.

Segundo Hélio Pereira, a computação em nuvem revolucionou a forma como os arquivos são armazenados, e um dos seus maiores benefícios é a redução de custos. Só pagamos o que usamos. Por este motivo, o especialista aconselhou as instituições públicas e privadas a confiarem na Cloud made in Angola, como garante a segurança e a fiabilidade.

Actualmente, o país já conta com empresas que disponibilizam estes serviços. Um exemplo concreto de uma Cloud nacional segura e fiável, a ITA – Internet Technologies Angola, S.A. O especialista apontou que esta multinacional tem o maior e mais fiável Data Center de Angola, com serviços de Cloud que garantem um serviço 100% angolano, com segurança e assistência técnica garantidas.

Ricardo Santa Ana, Gestor de Cloud da ITA, também defendeu que as grandes empresas angolanas devem dar oportunidades aos prestadores locais deste serviço, com o fim de comprovar a sua fiabilidade ao longo do tempo. Utilizar os serviços de Cloud angolanos permite às empresas nacionais realizar pagamentos em moeda local, aumentando a sua capacidade para canalizar recursos para novos investimentos e para despesas operacionais directamente ligadas ao seu core business, explicou o gestor.

Apesar dos serviços de Cloud não representarem uma proporção significativa das despesas totais em moeda estrangeira das empresas angolanas, qualquer poupança é importante, realçou Ricardo Santa Ana. No final, contribuem para que o máximo de recursos possa ser destinado para a aquisição de novos equipamentos.

Por fim A Agência de Protecção de Dados de Angola, elogiou a iniciativa do projecto, e reforçou que “é necessário regular, legislar e registar as empresas, para que o tratamento de dados e protecção de conteúdos locais seja uma realidade em Angola. “O nosso objectivo é de que todas as empresas que tratem de dados sejam registadas e que a segurança dos mesmos em data Center e Cloud seja um garante de soberania de manter os dados críticos em território nacional”.

Partilhar